Festa de lançamento do GNOME – Sucesso! Hands on em breve?

Aê gente! Passada rápida aqui só pra dizer que foi muito bacana a nossa festinha do GNOME.

Tivemos 2 palestras “informais” e muito, mas muito bate papo acerca do GNOME: tecnologia, comunidade, meritocracia, GNU e FSF e afins 🙂

O Georges escreveu sobre a festa em inglês, quem puder dá uma olhada lá.

No final ficou um sentimento que seria bacana termos um próximo encontro com hands-on, mais hacking e menos talk 🙂 Achei bacana a ideia e criei um meetup pra isso. Se tivermos gente interessada o suficiente podemos fazer. O que acham? Divulguem!

Festa de lançamento do GNOME 3.22 – Confirmada

Teremos festinha do GNOME em São Paulo!

Data: 01/10/2016 (Sábado) – 10h
Local: Red Hat Brasil – Av. Faria Lima, 3900 – 8º Andar. Mapa.

Como dito no post anterior a ideia é ser um evento informal, com algumas palestras e muito bate-papo. Quem quiser palestrar, acesse esse documento do Google Docs e adiciona seu nome lá. O importante é ser algo relacionado ao GNOME né 🙂

Quanto aos comes e bebes, acredito que podemos seguir o mesmo modelo colaborativo, né? Ou seja a gente mesmo leva os salgados, doces, refri, etc. O que vocês acham? Coloquem lá nesse mesmo documento o que vocês pretendem levar.

IMPORTANTE:
Temos um limite de vagas e, além disso precisamos do nome e RG de todos que comparecerão. Isso é pra controle de acesso ao prédio. Portanto, enviem para o e-mail jwendell@gnome.org seu nome e RG para que possamos confirmar sua vinda e autorizar a entrada de vocês.

Ansioso pra encontrar essa galera! Abraços e até lá!

Festa de lançamento do GNOME 3.22

Oi gente!

O GNOME 3.22 vai ser lançado essa semana, e como de costume vão rolar algumas comemorações ao redor do mundo. Aqui no Brasil a gente não tem muito o costume de celebrar esses lançamentos né?

Alguém anima fazer uma festinha?

Tem alguma regra pra fazer tais “festas”? Não! Basta juntar uns amigos e celebrar como quiser! Mas é bacana postar fotos e divulgar nas mídias né 🙂

Bom, dito isso, tava pensando em juntar um pessoal interessado numa festinha dessa em São Paulo. Pensei num esquema de mini-palestras abordando por exemplo as novidades da nova versão, como se tornar um colaborador, etc. Isso regado a salgados, refri, etc. Ambiente informal, conhecendo pessoas ou revendo amigos, fazendo networking e celebrando! Bacana né!

Dependendo da quantidade de pessoas interessadas, podemos usar o escritório da Red Hat em São Paulo pra isso. Só preciso ter uma noção de quantas pessoas iriam. Se você topa, me fala – via email, twitter, respondendo aqui nesse blog, sinal de fumaça, etc. de forma que eu vou montar uma lista. Se chegarmos num número bom (10?) eu fecho o lugar e atualizo a info aqui.

E aí, vamos animar?

UPDATE: A festa está confirmada: Mais info.

Recuperando arquivos perdidos depois de um git reset –hard

Hoje de manhã me atrapalhei um pouco aqui no meu ambiente de trabalho…

Ontem a tardinha fiz um commit, e tinha certeza que tinha feito o push, mas não fiz.
Hoje fiz um git pull e o git me mandou fazer merge, porque havia mudanças no lado remoto.

Eu ignorei completamente isso (não me pergunte porque, talvez pela falta de café) e fiz um git reset –hard HEAD^^

Sim, perdi meu commit que só existia na minha máquina (esse commit em particular era a adição de um arquivo)

Depois de me esmurrar um pouco, pesquisei no google e achei a resposta, que coisa linda: http://zsoltfabok.com/blog/2012/06/recover-deleted-files-with-git/

Vou resumir aqui os passos pra trazer seu commit (no meu caso, o arquivo) de volta:

git fsck --no-reflog

Esse comando vai retornar o hash do commit perdido, algo como:

dangling commit fafeade9f348b18f37835ab49dab40172efde693

Agora você pode usar esse hash pra fazer coisas como checkout, e ter seu arquivo de volta! \o/

Ok, agora vamos tomar um pouco de café 🙂

Moving on

[ENGLISH]

Hi guys, I’d like to share with you the news that my family and some friends already know: Since last month I’m not working at Intel anymore.

For those whom don’t know my history, I’ll summarize it here:

  • About 3 years ago I left my home city to the biggest one in Brazil (São Paulo) to experience a full time Linux job
  • The instability of my department at the time led me to look for another job; Then I got that opportunity at Intel
  • Intel OTC office is located in Campinas (120km far away from São Paulo)
  • After more than one year having to travel about 240km every day I had to make a decision: Move to Campinas or leave Intel.

It was not an easy decision. I have a family and I didn’t want to affect them again with a city change. On the other side, Intel is a great company and people at OTC Campinas are amazing.

So, two weeks ago I started working for an IT Security company, working again with Embedded Linux and with Open Source technologies. Oh, 8km (15 min) far from my home :).

That’s it, I hope to blog a bit more now, as I used to do in the past. See you!

 [PORTUGUÊS]

Oi gente, gostaria de compartilhar uma novidade com vocês, que minha família e alguns amigos já sabem: Desde o mês passado que eu não trabalho mais na Intel.

Pra quem não conhece minha história, vou resumir aqui:

  • Cerca de 3 anos atrás eu mudei de Maceió, minha cidade natal pra São Paulo, pra trabalhar exclusivamente com Linux
  • Alguns problemas no meu departamento me levaram a buscar outro trabalho; Aí que entra a Intel
  • O escritório onde fui alocado (OTC, Open Source Technology Center) fica em Campinas, distante 120km de São Paulo
  • Depois de mais de 1 ano viajando cerca de 240km todos os dias eu tinha que tomar uma decisão: Mudar pra Campinas ou sair da Intel

Com certeza não foi uma decisão fácil. Tenho uma família e não queria afetá-los com mais uma mudança de cidade. Por outro lado, a Intel é uma ótima empresa e o pessoal do OTC Campinas é ótimo.

Então… duas semanas atrás comecei a trabalhar para uma empresa de segurança em TI, voltei a trabalhar com Linux embarcado e com Open Source de fato. Ah, e a 8km (15min) de casa :).

É isso, gente. Espero voltar a blogar com mais frequencia, como no passado. Até mais!